26.05.2018 | 10h18

Realpolitik lulista

Lula conduz a direção do PT aos poucos para indicar, mais à frente, o apoio a Ciro Gomes. É este o raciocínio que Demétrio Magnoli constrói em sua coluna na Folha a partir das indicações do ex-presidente e dos demais caciques do partido.

“Daí a insistência de Lula na fantasia de sua candidatura, que funciona como um ferrolho, impedindo o surgimento de alternativas dentro do PT. O ex-presidente anunciará sua desistência apenas na hora derradeira, quando só restar aberta a trilha de adesão a Ciro”, diz o colunista.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO