04.08.2018 | 20h04

Reale Júnior e a Imprensa nas eleições

Em artigo publicado no Estadão neste sábado, 4, o jurista Miguel Reale Júnior, diz que a intenção de voto em Lula e Bolsonaro, líderes nas pesquisas eleitorais “é fruto de posições meramente emocionais, adotadas sem reflexão”.  Segundo ele, porém, o “Brasil precisa de renovação sem aventura” e a Imprensa terá um papel fundamental para esclarecer os eleitores sobre o que está em jogo nestas eleições.

“Diante deste quadro, no qual ainda prevalece a emoção, caberá à imprensa esclarecer a população sobre o que de concreto e de sério traz cada candidato, não só submetendo os postulantes a entrevistas, mas fazendo críticas, tecendo observações incisivas sobre a figura e as propostas de cada um”, afirma. “É papel importante da Imprensa buscar reduzir o grau de irracionalismo que invadiu a esfera política, viabilizando um mínimo de razoabilidade na escolha de quem vai governar.”/ J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO