11.09.2018 | 16h54

Raquel arquiva inquérito contra Aécio

A procuradora-geral Raquel Dodge arquivou inquérito no qual o senador Aécio Neves (PSDB) era investigado por supostamente enviar registros bancários falsos à CPMI dos Correios, em 2005 e 2006, informa o Estadão.

O inquérito foi aberto para apurar se Aécio e outros políticos teriam praticado crime durante os trabalhos da comissão e se teria havido conivência do então presidente da Comissão, Delcídio Amaral, “de modo a beneficiar Aécio Neves e Clésio de Andrade, governador e vice-governador de Minas”.


Mais conteúdo sobre:

Aécio NevesRaquel Dodge
VOLTAR PARA O ESTADÃO