13.06.2019 | 08h18

Ramos: ‘Ficou difícil para oposição ficar contra a reforma’

Na avaliação do presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara, Marcelo Ramos (PR-AM), com as mudanças no texto já noticiadas na quarta-feira, 12, “ficou difícil para a oposição ficar contra a reforma, pois itens que eram questionados caíram”, disse o deputado em entrevista à Globonews nesta quarta-feira, 13. Na manhã de hoje, o relator da reforma na comissão, Samuel Moreira (PSDB-SP), fará a leitura final do relatório.

“Acho possível que tenhamos votos da oposição pela aprovação da reforma”, disse. O parlamentar também afirmou estar otimista de que os trabalhos vão ocorrer hoje sem obstrução dos deputados contrários à proposta. Segundo Ramos, com os itens retirados do texto, a economia da reforma deve ser de cerca de R$ 850 bilhões.


VOLTAR PARA O ESTADÃO