15.09.2018 | 12h16

Raivosos x ressentidos

“Se mantido o crescimento vertiginoso de Fernando Haddad (PT), de um ponto percentual por dia, a tendência é que já na próxima semana ele figure isolado na segunda posição, se aproximando velozmente do patamar de Jair Bolsonaro (PSL). Assim, cresce significativamente a chance de a etapa final da disputa reunir o líder da direita raivosa e o representante de um PT profundamente ressentido”, analisou Paulo Celso Pereira no Globo.

O colunista avalia que o acirramento entre Haddad e Bolsonaro deverá deixar para Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) o caminho das pedras na busca pelo voto útil. Sobre Maria Silva (Rede), Pereira aponta o “esfacelamento” da candidatura na última semana.


VOLTAR PARA O ESTADÃO