11.01.2019 | 12h19

Rabello quer desculpas se ‘caixa preta do BNDES’ não existir

Ex-presidente do BNDES, o economista Paulo Rabello de Castro reagiu à declaração de Jair Bolsonaro, feitas nas redes sociais, afirmando que “vai abrir a caixa preta do BNDES’. Em entrevista ao repórter Eduardo Militão, do UOL, Rabello disse que vai querer um “pedido de desculpas” “na ausência da caixa preta”. O economista, que foi candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Álvaro Dias, lembrou que nada foi alegado sobre o período em que comandou a instituição. Mas ressaltou que sua capacidade de verificação de erros em administrações anteriores foi colocada em dúvida.

“Nós não vamos aceitar nada, a não ser um pedido de desculpas na ausência de caixa-preta. Por quê? Porque esse é um assunto muito grave. Lida com a competência das pessoas que estavam administrando, mesmo que não tenha sido nada alegado quanto ao meu período. Mas é alegado quanto à nossa capacidade de verificação, o que é suficientemente grave”, disse Rabello ao UOL.


Mais conteúdo sobre:

bndespaulo rabello de castro
VOLTAR PARA O ESTADÃO