12.04.2018 | 07h38

‘Querem que a gente morra de fome’

O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, diz que o bloqueio das contas do Instituto Lula impede que o ex-presidente, que também já tivera as contas bloqueadas, pague despesas básicas, como água, luz e telefone.

“Querem que a gente morra de fome, de sede, sem defesa, de frio”, afirmou à coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO