02.10.2018 | 23h17

‘Quem é você mesmo?’

Rodrigo Tavares, candidato do PRTB ao governo de São Paulo, que não cansa de se apresentar como “candidato de Jair Bolsonaro”, parece não estar conseguindo se fazer conhecido nem mesmo de seus adversários. Márcio França (PSB), por exemplo, confundiu Tavares e o chamou de “Marcelo” ao fazer uma pergunta sobre combate ao crime organizado. Talvez confundindo com outro candidato desconhecido, Marcelo Cândido (PDT).

Em compensação, França ajudou Tavares ao lembrar o número da candidatura de Levy Fidélix, presidente do PRTB, que ficou entalado na boca do “candidato de Bolsonaro”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO