22.02.2019 | 16h49

Quem é o pai do reajuste do gás?

A nova queda de braça entre João Doria e Paulo Skaf é sobre a paternidade do reajuste no preço do gás natural em São Paulo. Na última quinta-feira a Fiesp emitiu uma nota dizendo ser a responsável pelo sucesso da negociação. “A FIESP buscou, desde o anúncio do reajuste pela Arsesp, construir uma solução negociada entre a concessionária e os consumidores industriais, envolvendo várias associações representativas da indústria intensiva no consumo do gás”, escreveu.

Hoje, durante a coletiva que sacramentou a redução de 36% para 23%, o vice-governador de São Paulo Rodrigo Garcia ironizou a nota da entidade dizendo que a Fiesp quis “surfar na onda alheia”. “A Fiesp não teve nenhuma participação nesta articulação nossa diretamente com os setores envolvidos”, completou Garcia.

 

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO