22.07.2018 | 11h46

Quem desdenha quer comprar

Jair Bolsonaro afirmou recentemente que Geraldo Alckmin reuniu “a nata de tudo que não presta no Brasil” ao se unir aos partidos do Centrão, mas em entrevista ao O Globo, declarou: “O centrão diz que vai bater mesmo o martelo lá para o dia 4 de agosto. Podem acontecer problemas entre eles, e alguém vir para o nosso lado. O atrativo que eu tenho é a popularidade”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO