05.11.2018 | 18h13

‘Quem criticar publicamente eu corto a cabeça’

Jair Bolsonaro quase demitiu em rede nacional o ex-deputado Marcos Cintra, que atua como assessor de Paulo Guedes. Durante entrevista para o programa Brasil Urgente, da Band, Bolsonaro soube que Cintra teria criticado a proposta de adoção um imposto único, defendida por Guedes.  “Quem criticar qualquer um de nós publicamente, eu corto a cabeça”, disse o presidente.


Na sequência, Bolsonaro disse que irá se informar para ver se a declaração de Cintra é verdadeira e que “não gostaria que fosse verdade”, pois “tem respeito por Cintra”. “Tem algumas pessoas que não podem ver uma lâmpada que se comportam como uma mariposa”, lamentou. No último dia 26, Cintra publicou em seu Twitter um texto em que critica a adoção no Brasil do Imposto sobre Valor Agregado (IVA) e não do imposto único, que ele continua a defender.

Mais conteúdo sobre:

Marcos CintraJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO