10.11.2018 | 14h14

Quebra-cabeças no governo cearense

O governador reeleito do Ceará, Camilo Santana (PT), está estudando se fará ou não uma reformulação na estrutura de seu secretariado. Como dinheiro não está dando em árvores, a redução de pastas poderia ajudar a máquina local a ser mais enxuta e econômica.

Mas o quebra-cabeça de Camilo para montar sua equipe é mais complexo. Para se reeleger, teve uma coligação formada por nada menos do que 24 partidos. Agora, precisa administrar o apetite de toda essa turma que deseja ocupar cargos no seu governo. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Camilo Santana
VOLTAR PARA O ESTADÃO