26.04.2018 | 06h21

Quase saiu tapa na Câmara

A prisão de Lula quase levou deputados contrários e favoráveis ao petista a se estapearem no plenário da Câmara. Deputados petistas partiram para cima do delegado Éder Mauro (PSD-PA) que discursava chamando o ex-presidente de “ladrão”.

“Cala a boca, peruquinha!”, gritou um petista para o deputado-delegado, segundo o Estadão. Petistas têm falado dia e noite da prisão e feito obstrução na Casa para pedir a soltura de Lula. Mas pela noção de democracia do partido só pode falar quem for falar que Lula é inocente –o resto você obstrui a palavra, se preciso na mão.


Mais conteúdo sobre:

câmaraprisão de Lula
VOLTAR PARA O ESTADÃO