02.02.2019 | 09h24

Quase que Bivar fica fora da mesa da Câmara

Além da eleição de Rodrigo Maia para presidência da Câmara, os novos deputados também elegeram a mesa diretora da Casa. Quem teve mais dificuldades de se eleger foi Luciano Bivar (PSL-PE), que ficou com a 2ª vice-presidência após votação em 2º turno. O deputado do partido do presidente Jair Bolsonaro teve 198 votos contra  184 de Charlles Evangelista (PSL-MG).  Bivar é presidente do PSL e enfrentou Evangelista que lançou candidatura avulsa.

Na 1ª vice foi eleito Marcos Pereira (PRB-SP). Foram eleitos ainda quatro secretários: Soraya Santos (PR-RJ), Mário Heringer (PDT-MG), Fábio Faria (PSD-RN) e André Fufuca (PP-MA), além de quatro suplentes: Rafael Motta (PSB-RN), Geovania de Sá (PSDB-SC), Isnaldo Bulhões Jr. (MDB-AL) e Assis Carvalho (PT-PI).


Mais conteúdo sobre:

Câmara dos Deputados
VOLTAR PARA O ESTADÃO