09.04.2018 | 10h29

Quando o jornalismo desagrada

As recentes agressões contra jornalistas durante a cobertura dos fatos relacionados à prisão de Lula levanta uma suspeita: “Atos isolados ou mais um sintoma da incompreensão do papel do jornalismo, incentivada pelas retóricas de palanque?”, questiona o jornalista Ricardo Gandour, na Folha.

“No entanto, com frequência, figuras públicas execram a imprensa com o intuito de desqualificar o jornalismo que lhes desagrada”, citando exemplos do ex-presidente petista e também do ex-prefeito João Doria (PSDB), hoje na disputa pelo governo de São Paulo.


Mais conteúdo sobre:

Ricardo GandourLulaJoão Doria
VOLTAR PARA O ESTADÃO