26.10.2018 | 16h50

Pupilo de Bolsonaro ou de emedebista?

O candidato do PSL ao governo de Santa Catarina, Comandante Moisés (PSL), faltou ao debate da TV Globo realizado na última quinta-feira, 25, assim como Jair Bolsonaro fez na disputa presidencial. Mas para Gelson Merísio (PSD), a ausência de Moisés não tem nada a ver com a estratégia do presidenciável e sim com um conselho do atual governador do Estado,  Eduardo Pinho Moreira (MDB).


“Está cada vez mais claro que Eduardo Pinho Moreira assumiu o papel de mentor intelectual do candidato Moisés. Ele mandou seu pupilo não ir ao debate e ele obedeceu”, disse Merísio. “Me dá calafrios só de pensar o que seria o governo de um despreparado sendo comandado nas sombras pelo MDB”,afirmou.

VOLTAR PARA O ESTADÃO