14.04.2018 | 09h49

Pulga atrás da orelha

No dia em que Lula foi preso, o instituto de pesquisas Ipsos foi às ruas. Detectou que 57% da população considera o ex-presidente culpado dos crimes atribuídos a ele, informa Daniel Bramatti, do Estadão.

Por outro lado, a percepção de que “a Lava Jato está investigando todos os partidos” atingiu o mínimo histórico da série de pesquisas do instituto, 43%. Em abril de 2016, 66% da população via a operação como empenhada em investigar todas as legendas – 23 pontos porcentuais a mais do que agora.


Mais conteúdo sobre:

Lava JatoIpsos
VOLTAR PARA O ESTADÃO