06.08.2018 | 12h53

PT ‘terá que batalhar’

“O PT jogou pesado”, anuncia Fernano Limongi no início de sua coluna no Valor. ‘Asfixiou’ a candidatura de Ciro Gomes (PDT), sacrificou Marília Arraes em Pernambuco e fez diversas alianças com o objetivo de diminuir a competição.

Mesmo assim, a transferência de votos de Lula para Fernando Haddad não será fácil, analisa Limongi. Marina Silva leva parte desse eleitorado, como mostram as pesquisas. “A disputa pelos eleitores que declaram que votariam em Lula continua aberta. O PT não é o herdeiro natural desse legado. Terá que batalhar para conquistá-lo.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO