18.03.2018 | 18h54

PT se alia a MDB ‘golpista’ até na terra de Dilma

Mais cedo, o Marcelo de Moraes publicou uma nota sobre o “liberou geral” de alianças entre PT e MDB, mesmo depois do divórcio entre as legendas no impeachment de Dilma Rousseff e da cantilena “é golpe, é golpe” dos petistas.

Pois bem: o “estranho amor” entre as legendas tem tudo para se repetir em Minas Gerais, terra natal da própria Dilma. Fernando Pimentel será candidato à reeleição e deve ter um emedebista, o presidente da Assembleia, Adalclever Lopes, como vice. Mais um dado inusitado (além do nome): Adalclever vem a ser filho de Mauro Lopes, que foi ministro da Aviação de Dilma até 14 de abril de 2016 e votou a favor do impeachment três dias depois! /V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO