11.08.2018 | 09h05

PT prisioneiro

O debate da Band, sem a presença de um candidato do PT e sem que a ausência de Lula fosse um tema relevante, evidencia o erro de estratégia do PT em insistir num candidato inelegível. A avaliação é de João Domingos em sua coluna no Estadão. “O PT precisa entender que numa campanha eleitoral o partido não fala só para seus militantes. Fala para a população em geral, busca o voto. Se não tiver um candidato para apresentar, para dizer o que pretende fazer caso volte ao governo, ou até mesmo para se tornar um ventríloquo de Lula, já que Lula não pode falar, não tem nada a fazer.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO