26.03.2018 | 15h53

PT não abre mão de Pimentel

O PT descarta atender ao pedido do MDB para que se inverta a chapa em 2018, com Fernando Pimentel abrindo mão da candidatura e apoiando um emedebista — Adalclever (repita três vezes bem rápido) Lopes ou Josué Alencar.

Pimentel é rompido com o vice, o também emedebista Antonio Andrade. Se renunciar para se candidatar a senador, no dia seguinte todos os petistas serão defenestrados do governo de Minas. E depois de perder a Presidência petista não está podendo abrir mão assim de máquina pública. / V.M.


Mais conteúdo sobre:

eleições em minasFernando Pimentel
VOLTAR PARA O ESTADÃO