24.07.2018 | 11h47

PT insiste na ‘democratização’ da mídia

Eleição vai, eleição vem, e o PT não desiste da ideia de “democratizar” a área de comunicação no País, uma proposta revestida de pretenso legalismo cujo objetivo, na real, é colocar a mídia independente contra a parede e tentar torná-la mais dócil ao partido.

“No Brasil, temos a política se imiscuindo demais na comunicação”, afirmou à Folha nesta terça-feira, 24, Fernando Haddad, responsável pelo programa de governo do PT. “Queremos isolar mais o mundo político-partidário do mundo da comunicação. Para garantir mais pluralismo, contraditório e liberdade de expressão.” / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO