01.07.2018 | 20h02

PT e os aliados pró-impeachment

Na Bahia, o apoio majoritário do PP e do PSD ao impeachment de Dilma Rousseff em 2016 não é impedimento para as alianças do PT. Reportagem do Estadão mostra que o governador Rui Costa pede “equilíbrio entre vermelhos e azuis” em sua pré-campanha à reeleição. Entre os mais próximos, no entanto, Costa fica com políticos leais a seu partido. João Leão (PP), que deve se manter como vice na chapa, foi contra a maioria da legenda e votou contra a derrubada da ex-presidente.


VOLTAR PARA O ESTADÃO