15.03.2018 | 15h10

PT e Lula investem na obtenção de prisão domiciliar

Além da pressão exercida sobre o STF para colocar em pauta a questão da prisão após condenação em Segunda Instância, para beneficiar Lula, o PT e o ex-presidente investem numa solução alternativa: a possibilidade de que Lula, em vez de ir para o xilindró, obtenha o benefício de prisão domiciliar.

Caso essa solução, divulgada nesta quinta-feira pelo jornalista Merval Pereira,  em sua coluna no jornal O Globo, seja confirmada, isso significaria que Lula poderia cumprir a pena de 12 anos e 1 mês em sua cobertura em São Bernardo do Campo (SP). A pergunta que fica: com ou sem tornozeleira eletrônica? / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO