12.08.2018 | 17h11

PT critica ‘desfaçatez’ de Galloro

O PT afirmou em nota que a entrevista do diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, ao Estadão representa um ato de “desfaçatez”.

“A ilegalidade da prisão de Lula e da revogação do habeas corpus concedido a ele naquele domingo (8 de julho) já haviam sido denunciadas pela comunidade jurídica. Mas é ainda mais escandalosa a desfaçatez de agentes do Judiciário e da Polícia Federal, ao expor em público sua conduta ilegal e as razões políticas que os moveram”, afirma o documento.


Mais conteúdo sobre:

PTRogério GalloroLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO