17.10.2018 | 08h33

PT atado à narrativa

O PT preferiu a narrativa à verdade, e tem dificuldade, na campanha, de se soltar dessa amarra. A avaliação é de Miriam Leitão em sua coluna no Globo. “Agora, Fernando Haddad está indo em câmera lenta para algum ponto no centro, mas sem conseguir sucesso em formar a frente ampla. Vai devagar demais para a urgência da hora, porque os fios do núcleo duro do PT amarraram seus gestos e adiam suas palavras”, escreve.


VOLTAR PARA O ESTADÃO