08.07.2018 | 16h52

PT, agora, quer que prazo seja cumprido

A senadora Gleisi Hoffmann pede que seja respeitado o prazo dado pelo desembargador Rogério Favreto para que Lula fosse solto em uma hora (o que se exaure às 17h).

O PT não teve tanto apreço aos prazos quando da prisão de Lula, que demorou um dia a mais para se entregar quando teve a prisão decretada em abril. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO