19.03.2018 | 07h26

PSOL vai à Justiça contra fake news sobre Marielle

O PSOL iniciou uma mobilização para coletar provas contra quem tem usado as redes sociais para difundir informações falsas sobre Marielle Franco, assassinada na última quarta-feira. Com base nas informações, o partido, entidades a ele ligadas e parentes da vereadora devem impetrar uma série de ações judiciais.

A primeira delas deverá ser uma representação ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça) contra a desembargadora do Rio Marilia Castro Neves, que em uma postagem em suas redes sociais associou Marielle ao crime organizado. /V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO