30.04.2019 | 17h42

PSOL tenta reagir a cortes nas federais

O PSOL promete reagir em duas frentes à tentativa do ministro Abraham Weintraub (MEC) de cortar verbas das universidades federais que promoverem “balbúrdia”. A primeira é uma representação na Procuradoria-Geral da República por improbidade administrativa, assinada pelo presidente da sigla, Juliano Medeiros. A segunda é um projeto de Decreto Legislativo que suspenda cortes na educação, que será assinada pelos deputados psolistas. /G.Z.


VOLTAR PARA O ESTADÃO