31.10.2018 | 09h24

PSL quer crescer

Nanico até antes da eleição, o PSL, do presidente eleito, Jair Bolsonaro, quer se tornar o maior partido do Congresso. Com 52 deputados eleitos, o segundo maior número da Câmara, e quatro senadores, dirigentes da sigla têm buscado atrair parlamentares de legendas que não atingiram a cláusula de barreira.

A intenção é chegar a 60 nomes na Câmara, ultrapassando o PT, que elegeu 56 deputados, e ganhar mais dois no Senado, chegando a seis, informou o Estadão.


Mais conteúdo sobre:

PSLbancadacâmarasenado
VOLTAR PARA O ESTADÃO