10.04.2018 | 19h19

PSL não deve ser ouvido sobre 2ª instância

Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido do PSL para ser ouvido na condição de “amigo da Corte” em ação que discute a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância.

Para o ministro, o partido não comprovou que tem “contribuição expressiva à compreensão do tema analisado”, informa o Broadcast.

Leia também:
Bolsonaro: PSL vai defender prisão em 2ª instância


Mais conteúdo sobre:

prisão em segunda instânciaPSL
VOLTAR PARA O ESTADÃO