02.08.2018 | 20h58

PSL de São Paulo liberado pela Justiça Eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo deferiu nesta quinta-feira, 2, liminar para suspender a inabilitação do diretório estadual do PSL, partido de Jair Bolsonaro. O partido tinha questionada a prestação de contas das eleições 2016. A juíza Cláudia Fonseca Fanucchi acatou pedido da defesa de ‘tutela provisória de urgência nos autos de requerimento de regularização da prestação de contas anual do Partido Social Liberal – Diretório Estadual de São Paulo, referente ao exercício de 2016’. As informações são do Blog do Fausto.


VOLTAR PARA O ESTADÃO