14.07.2018 | 20h06

‘PSDB vai carregar isso’, diz Capez sobre máfia da merenda

O deputado estadual Fernando Capez acredita não ter sido politicamente afetado após ter seu nome envolvido no escândalo da máfia da merenda. Em entrevista à Folha, o tucano afirma que as denúncias não deveriam nem mesmo colar em Geraldo Alckmin. “Não me afetou politicamente, me afetou na alma. Me afetou pessoalmente. É injusto colocar essa imagem no Alckmin, mas o PSDB vai carregar isso, sem dúvida”, disse.

A denúncia foi trancada pelo STF após os ministros acatarem a tese da defesa de que houve intimidação de testemunhas. Capez era acusado de pedir propina à Coaf, em troca de interferir em favores para a cooperativa na Secretaria de Educação do Estado.


VOLTAR PARA O ESTADÃO