13.03.2019 | 11h44

PSD filia filho de Garotinho e Índio sai em protesto

O ex-deputado federal Índio da Costa, que disputou o governo do Rio, decidiu deixar a presidência estadual do PSD e anunciou sua desfiliação do partido. O gesto foi um protesto pela filiação do deputado federal Wladimir Garotinho, filho do ex-governador Anthony Garotinho.

Índio afirmou que “não compactua” com a filiação de Wladimir. “Recentes filiações no partido sinalizam que ele não se conectou com as ruas e ruma no caminho oposto que a sociedade deseja. Entre a presidência estadual do partido e a coerência, fico com a coerência”, escreveu Índio na carta de desfiliação que enviou para Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO