12.07.2018 | 17h17

PSB ainda longe do consenso

O comando do PSB decidiu deixar aberta a data em que vai realizar sua reunião para decidir o futuro do partido na sucessão presidencial.

O motivo é simples: embora a maioria dos integrantes ainda prefira apoiar Ciro Gomes (PDT), essa margem diminuiu em relação à possibilidade de o PSB ficar neutro ou apoiar o PT. Segundo um dirigente nacional, se o apoio a Ciro ou a algum outro candidato for “quebrar o partido”, a neutralidade será adotada. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

PSB
VOLTAR PARA O ESTADÃO