12.07.2018 | 16h14

PSB adia reunião sobre aliança eleitoral

O PSB adiou sem nova data a reunião da Executiva Nacional que estava marcada para a próxima segunda-feira, na qual o partido tendia a aprovar um indicativo de apoio a Ciro Gomes (PDT).

O recuo foi uma reação à articulação do PT junto ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara, que se antecipou à decisão nacional do partido e declarou apoio a Lula. Agora, Câmara tentará obter apoio interno à aliança com o PT –o que é considerado difícil dadas as resistências no Sul e Sudeste– ou a uma tese intermediária de que o partido fique “solteiro” no pleito e defina apenas arranjos regionais. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO