01.07.2018 | 12h31

‘Próximo passo é acabar com dinheiro público nas campanhas’

Aproveitando o “gancho” da decisão do Supremo, que considerou constitucional a extinção fim do imposto sindical, na sexta-feira, 30, João Amoêdo, pré-candidato à Presidência pelo Novo — único partido que vive só das contribuição de filiados e apoiadores — usou a sua página nas redes sociais para defender também o fim do uso de dinheiro público por partidos e nas campanhas eleitorais.


“O próximo passo é acabar com o dinheiro público para campanhas”, afirmou Amoêdo. “Os sindicatos, assim como os partidos, devem ser financiados apenas por aqueles que queiram. Só assim se preocuparão em representar os cidadãos.” J.F.

VOLTAR PARA O ESTADÃO