28.05.2018 | 09h47

Protesto pulverizado ou locaute?

O discurso do governo para justificar a permanência da greve apesar de todas as concessões mudou. Agora, em vez de dizerem que se trata de um locaute organizado pelas empresas de transporte, que era a tônica do fim de semana, a ênfase se dá no fato de as lideranças do movimento serem pulverizadas, sem controle de sindicatos.

Perguntei ao ministro Raul Jungmann (Segurança) se as duas teses não eram contraditórias. Resposta dele em entrevista à Jovem Pan: “São contraditórias, mas complementares”. Segundo ele, as duas coisas ocorreram e o governo não vai desistir de investigar o locaute. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO