23.08.2018 | 22h10

Projeto de Skaf vira ‘gafe’ para adversários

Uma das propostas apresentadas pelo candidato do MDB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf, virou uma “gafe” para alguns políticos rivais. O emedebista disse que uma de suas prioridades na área de segurança é o fim da “saidinha”. O problema seria que é uma lei federal que garante o direito para os presidiários. “Ele deveria então se candidatar a deputado federal, senador ou presidente”, disse um adversário


VOLTAR PARA O ESTADÃO