08.02.2019 | 20h39

Procuradores organizam ‘motim’ contra Dodge

Procuradores do MPF estariam tramando uma espécie de “motim” contra Raquel Dodge. De acordo com o repórter Severino Motta do Buzzfeed News, eles estão combinando pelo Telegram (semelhante ao WhatsApp) abandonar coletivamente cargos em grupos de trabalho e representações em coordenações de grupos nos Estados. A iniciativa é uma forma de pressionar Dodge a alterar uma regulamentação que trata do acúmulo de funções, permitindo remuneração adicional para quem está em forças-tarefa, por exemplo.

Este é o primeiro passo de uma série de medidas aprovadas em Assembleia Geral Extraordinária para tentar forçar a alteração nas regras. De acordo com Robalinho Cavalcanti, presidente da ANPR, a proposta foi sugerida por associados e colocada em votação. Não se sabe quantos procuradores irão aderir a medida.


VOLTAR PARA O ESTADÃO