22.10.2018 | 15h52

Privatizações e migalhas

“Embora o programa do PSL fale em privatização robusta, e Paulo Guedes advogue uma venda radical de estatais, quem manda parece não ter decidido o que fará se for eleito. Jair Bolsonaro já admitiu à GloboNews a venda total da Petrobras, mas já implicou com a origem do capital comprador de estatais”, escreveu Eduardo Oinegue no Globo.

A intenção do presidenciável de vender as cascas e manter o miolo das estatais pode ser gerar o risco de fazer com que a venda fique aquém das expectativas e renda apenas “migalhas”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO