06.04.2018 | 08h41

Prisão de Paulo Preto joga água no chope tucano

A prisão preventiva de Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, nesta sexta-feira, não deixou nem os tucanos comemorarem direito a decretação da prisão de Lula. A notícia foi um balde de água fria e vai turvar a festa da desincompatibilização de Geraldo Alckmin e João Doria.

O prefeito paulistano, que tinha acabado de postar vídeo louvando a iminente prisão de Lula, disse nesta manhã à rádio Jovem Pan que a prisão de Paulo Preto também é correta e que todos devem ser alcançados pela lei. Mas o fato é que o temor na velha guarda do partido é enorme. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO