07.02.2019 | 08h08

Previdência antes do pacote de Moro

Rodrigo Maia voltou a dizer que a reforma da Previdência será votada antes do pacote anticrime do ministro Sérgio Moro (Justiça). “Se a gente antecipar esse debate [sobre a proposta de Moro], podemos contaminar o da Previdência”, alertou. O presidente da Câmara concedeu entrevista ao Jornal das Dez, da Globonews. Ele defendeu que seja votado um texto mais duro, com regra de transição mais curta. Maia estimou que, se o governo for hábil em compor uma base de apoio, a proposta poderá passar na Câmara até maio –mas advertiu que, se a votação fosse hoje, o governo provavelmente seria derrotado, num sinal de que há muita costura a ser feita. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO