15.02.2019 | 21h51

Presidente não garante Bebianno no cargo

O clima esquentou entre Jair Bolsonaro e o ministro Gustavo Bebianno. Segundo o Estadão, interlocutores do governo não descartam a possibilidade de que o atual titular da  Secretaria-Geral da Presidência seja demitido até segunda-feira. Bebianno estaria com um “ódio mortal” do presidente após ser atirado aos leões por Carlos Bolsonaro  e, caso seja mesmo demitido, irá “cair atirando”. “Não se dá um tiro na nuca do seu próprio soldado”, teria desabafado o ministro com integrantes do governo.


Mais conteúdo sobre:

Gustavo Bebianno Jair Bolsonaro PSL
VOLTAR PARA O ESTADÃO