12.11.2018 | 21h09

Presidente eleito alega ‘mal-entendido’

Após sua equipe cancelar agenda com os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, o presidente eleito Jair Bolsonaro justificou que houve “mal-entendido” da imprensa e de seus assessores em Brasília, informa o G1.

“Há um equívoco por parte da mídia de que eu teria cancelado duas audiências, com o Eunício e com o Rodrigo Maia. O que eu falei para a minha assessoria em Brasília é que queria visitar a Câmara e o Senado. O que é visitar a Câmara? É o plenário. Aí eles marcaram audiência”, afirmou. Bolsonaro acrescentou que não precisa de audiência para falar com os chefes das duas Casas.


Mais conteúdo sobre:

Jair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO