02.04.2018 | 17h08

Propina no TCE-RJ

O presidente afastado do Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ) Aloysio Neves foi gravado admitindo o esquema de pagamento de propina no órgão, revela o jornal O Globo. A gravação obtida pelo jornal foi feita pelo empresário e delator Marcos Andrade Barbosa Silva, do setor de ônibus do Rio, em dezembro de 2016 e usada em acordo de delação premiada.

No áudio, Neves revela saber sobre propina no órgão, mas afirma que diversas cobranças eram feitas por Jonas Lopes, conduzido coercitivamente no dia da gravação, quando foi deflagrada a Operação Descontrole, resultado de investigação da força-tarefa da Lava Jato.


VOLTAR PARA O ESTADÃO