13.08.2018 | 18h12

Do Marcelo: Presidencialismo de coalizão precisa acabar

Não há um debate ou sabatina em que Geraldo Alckmin não precise explicar a aliança feita com o Centrão e outros partidos que sempre gravitam em torno do poder em troca de cargos. Hoje, em sabatina da revista Istoé, Alckmin disse que “quem faz cooptação é o PT” e que sua aliança gira em torno de propostas.

Só o tempo e os votos poderão confirmar se é verdadeira a afirmação do tucano. Mas é espantoso que  o Presidencialismo de coalizão, que causou tantos problemas ao País, ainda tenha alguma chance de sobreviver. /Marcelo de Moraes


Mais conteúdo sobre:

presidencialismo de coalizão
VOLTAR PARA O ESTADÃO