27.03.2018 | 15h41

Prende logo

Às vésperas do julgamento do HC do ex-presidente Lula no STF, 7 de 11 postulantes ao Palácio do Planalto disseram ser favoráveis à prisão após condenação em segunda instância, segundo mostra levantamento do Estadão. Os contrários estão ligados ao campo progressista.

O tema não tem data para ser debatido pelo Supremo, mas há ministros da Corte que preferem julgar antes o mérito da questão a decidir se Lula deve ir ou não para cadeia.


Mais conteúdo sobre:

segunda instânciaLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO