19.10.2018 | 19h30

Prefeitos rebeldes fora do PSDB

O PSDB de São Paulo vai sair desfalcado das eleições deste ano. Alguns prefeitos tucanos estão abandonando o barco, declarando apoio a Márcio França e sendo expulsos do partido pela pulada de cerca. Dentre os rebeldes estão o prefeito de Pirassununga, Ademir Lindo, O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, o prefeito de Lorena, Fábio Marcondes e de Queluz, Laurindo Garcez. Segundo o Uol, o prefeito de de Glicério, Ildo Gaúcho, também não quer saber de João Doria. O presidente estadual do PSDB, Pedro Tobias, deve expulsar a todos do partido.


VOLTAR PARA O ESTADÃO