09.10.2018 | 15h05

Prefeitos do PSDB rachados

A proposta dos aliados de João Doria Jr. para que Geraldo Alckmin deixe a presidência do PSDB, vocalizada pelo prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, um dos braços-direitos do candidato tucano ao governo, João Doria, provocou reação de outros prefeitos do partido no Estado.

Colegas de Morando em cidades do ABC, Paulo Serra, de Santo André, e José Auricchio, de São Caetano, defendem a permanência de Alckmin, assim como Paulo Barbosa, de Santos. “É uma insanidade a guerra que alguns tucanos estão criando. Estou combatendo isso”, afirmou Serra ao BR18. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO